Tuesday, June 26, 2012

Lycaste deppei


O primeiro exemplar desta orquídea foi encontrada no México por Ferdinand Deppe em 1830. Primeiro chamaram-lhe Maxillaria deppei mas em 1843, John Lindley transferiu-a para o género Lycaste. É também relativamente comum na Honduras, Nicarágua, Salvador e Guatemala, em florestas húmidas de zonas montanhosas entre os 1000 e os 1600 m de altitude.

Tenho a minha na estufa, na zona mais perto da porta onde tem um bom arejamento. Ela gosta. O substrato é composto por casca de pinheiro, fibra de coco grossa e musgo de esfagno. É fertilizada com Akerne Rain Mix com frequência.

Este ano tenho duas bonitas flores bem perfumadas.



2 comments:

Américo M.S. Pereira said...

Esta está muito bonita.Gosto muito das Lycaste. São plantas que se adaptam bem a climas mais frios, embora nem sempre fáceis de fazer florir...

Blog da Bete said...

Elas são realmente lindas, a sua está maravilhosa.
aBRAÇOS