Monday, January 30, 2006

O Gnomo e Seus Amores

O meu Gnomo de Jardim guarda os Amores Perfeitos (Violas) que estão a nascer.
As sementes estiveram esquecidas quase um ano dentro do pacote, mas parece que não houve problema.

Image hosting by Photobucket

3 comments:

Troilite said...

Os anões e os gnomos são os donos da terra, do solo e do subsolo. O seu aspecto muitas vezes repulsivo não é mais do que o reflexo da matéria bruta e primária de que são hóspedes e guardiões. Podem até ser feios, no entanto sábios.

Na sua etimologia, a palavra "gnomo" significa "o que sabe" e também "o que vive no interior da terra". Esse pequeno povo que habitava as moradas subterrâneas, assegurava a germinação das plantas, escavavam galerias em busca de minerais, vigiavam o crescimento das pedras preciosas e guardavam os tesouros enterrados. São tradicionalmente excelentes ferreiros, admiráveis fabricantes de jóias e artesãos de espadas tão fortes e rápidas que torna invencível quem as usa.

Nas lendas do folclore popular, são os anões e os gnomos que guiam e protegem os mineiros, os exploradores subterrâneos e metalúrgicos. São associados as divindades da forja e dos Infernos como o deus grego Hefesto, que forjou o raio de Zeus.

Gnomos e anões vivem no coração da matéria mais densa, mais pesada e sua missão consiste em organizar a matéria bruta, refiná-la, limpá-la e unificá-la antes de sua saída para a terra.

Seja qual for sua origem, real ou sobrenatural, elemental ou demoníaca, os anões e os gnomos existem, com nomes diferentes, em todos os países e todas as culturas. Na França chamam-se de "gobelins", na Escócia de "browales", na Irlanda de "cluricaunes", na Suécia de "taitters ou tomtes", na Islândia "trolls", na Noruega e na Dinamarca de "pruccas ou pwcca", no País de Gales de "klabbers, dauniessies, hobgoblis", na Espanha de "grasgos ou trasgos", na Suiça de "servants' e na Alemanha de "nis-kobolds".

Gostei do seu blog... muito mesmo! Adicionei-o ao meu:

http://vulcoesverdes.blogspot.com/

zooexotico said...

Texto fantástico sobre Gnomos e afins!
Obrigado.
Eu gosto muito destes pequenos seres e a minha casa está povoada por bastantes exemplares!

jardineira said...

o ar do gnomo, compenetrado na sua missão, é lindooo! queremos saber mais notícias das "violas"!