Saturday, April 30, 2011

Enterrar os mortos e cuidar dos sobreviventes




Num momento tinhamos um dia quente de Primavera e no momento seguinte a maior tempestade de granizo. Nunca vi nada assim. A área onde vivo foi a mais afectada. Houve locais onde tivemos cerca de 40cm de gelo. O granizo tinha o tamanho de berlindes e caiu com muita força. O jardim está completamente destruído. O que não foi dizimado pela força do gelo ficou queimado pela sua acumulação que, depois de cair aglomerou e formou blocos de gelos em todos os vasos impossível de ser retirado e queimando os frágeis rebentos que rompiam a terra.
É uma tristeza ver um jardim e uma colecção botânica que prosperava ser destruída em 15 minutos. Nada a fazer.
Agora é avaliar os estragos e tentar salvar o que for possível. A natureza tem as suas maneiras de se renovar e espero que isso aconteça no meu jardim.

Como disse o Marquês de Pombal, no terramoto de Lisboa em 1755, 'É hora de enterrar os mortos e tratar dos sobreviventes'...

"Fonte dos Sapadores Bombeiros disse à agência Lusa que os cerca de 30 minutos de chuva intensa de granizo em Lisboa provocaram inundações "de tudo um pouco", desde sarjetas entupidas a lojas e casas.
A zona mais afectada, segundo a mesma fonte, é Benfica, onde se verificou também a queda de algumas árvores.
Os Sapadores Bombeiros "não estavam a conseguir dar vazão" sozinhos ao "elevado número de chamadas" e, por isso, estão agora a ser auxiliados no terreno pelos Bombeiros Voluntários de Lisboa.

Com a paragem da chuva, os Sapadores acreditam que a situação acalme.
Uma violenta trovoada e um temporal de chuva e granizo assolaram a partir das 15:40, e durante cerca de meia hora, parte da cidade de Lisboa, nomeadamente na zona de Benfica, mas também a zona da Amadora, da Pontinha (Odivelas), de Queluz (Sintra) e de Oeiras, disse à agência Lusa fonte do CDOS."

No Diário de Notícias 29.04.2011

Thursday, April 28, 2011

Bicharocos

Para além de serem lindíssimos, estes escaravelhos estão a arruinar as folhas das minhas Fuchsias. De um dia para o outro ficou tudo rendilhado e, como se vê na foto, estão felizes e contentes e a reproduzir-se... Não pode ser. Por mais que eu goste de insectos tenho que os eliminar ou fico com o jardim reduzido a caules!!


Já agora, alguém sabe o nome destes bicharocos??




Tuesday, April 26, 2011

Hoya serpens




E esta é a segunda deste ano a florir. É a primeira floração. Não é das Hoyas mais fáceis. Já perdi uma planta anteriormente e não percebi bem porquê. Acho que no Inverno devemos deixa-las sossegadas. Sem regar muito e mantê-las mais resguardadas.


Pequena Flor Amarela

Por vezes aparecem estas flores no meu jardim. A planta começou a crescer e estive para a arrancar porque me parecia uma erva daninha. Depois a planta começou a ganhar forma. Não se parecia com nenhuma daninha. Como deu um botão, esperei que abrisse.

E como podem ver, esta foi a flor que abriu. E assim continua no meu jardim.

Alguém consegue identifica-la??

Saturday, April 23, 2011

Orchid Fever, de Eric Hansen



'Many collectors died in process of searching for new species, and despite persistent reports that the men died from drowning, gunshot and knife wounds, snakebite, trampling by cattle, or blows in the head with blunt instruments, it is generally accepted that in each case the primary cause of death was orchid fever.'


Sendo eu um apaixonado por orquídeas há mais de vinte e cinco anos e também alguém que tem preocupações ecológicas, este livro foi de grande interesse para mim, para além de uma leitura muito cativante pela maneira inteligente como está escrito.

Este livro consegue ser, ao mesmo tempo, informativo e divertido.

Relata as aventuras do autor ao entrar no mundo da orquidofilia. Tem temas tão diversos como os concursos de orquídeas, a conservação de espécies, expedições aos mais recônditos lugares do planeta, especialistas em essências de orquídeas, colectores de orquídeas, os donos das maiores colecções, os experts mundiais e todo um conjunto de personagens reais que a nada ficam a dever a excentricos personagens de ficção. E por fim fala-se do CITES, do que é e de quais são as verdadeiras preocupações desta 'instituição' pouco ecológica.

Friday, April 22, 2011

Hoya lacunosa



Estão a começar as florações das Hoyas. Tenho algumas já em botão. Esta Hoya lacunosa foi a primeira a florir. É uma pequena planta que me foi oferecida no Inverno passado que rapidamente enraizou e já está a florir.
Este mês, a revista JARDINS publicou um artigo meu sobre estas plantas muito bonitas e pouco conhecidas. Pode ser que se arranjem mais adeptos.

Wednesday, April 20, 2011

Em Abril ...

Quando nos andavamos, estou a falar dos jardineiros, a queixar de que a Primavera estava muito quente, e que tinhamos que regar como se fosse no Verão, o tempo prega-nos a partida e prova-nos que o ditado 'Em Abril águas mil' ainda está actualizado.

Infelizmente a chuvada de Segunda-Feira estragou muitas das flores que estavam abertas e que coloriam o jardim. Como costumo tirar fotos diariamente, já tinha fotos da maior parte. Ficou o registo.

Entretanto, e para dar razão a outro ditado popular, 'Depois da tempestade vem a bonança' e os dias melhoraram rapidamente e o jardim depressa recuperou da chuva e até parece que gostou de ser 'regado' pela mãe natureza...





Saturday, April 16, 2011

Curso de Plantas Carnívoras

Hoje houve um CURSO DE PLANTAS CARNÍVORAS na Zooexótico dado pelo Paulo Lourenço, da APPC - Associação Portuguesa de Plantas Carnívoras.

Foi muito interessante. Aprendi imenso e fiquei ainda mais curioso por estas plantas. Existem uma grande variedade de plantas carnívoras de várias famílias botânicas, desde plantas aquáticas, bromélias e outras familias menos conhecidas. Aprendemos a cuidar destas e também das emplematicas Dioneas, Droseras, Sarracenias e Nepenthes.

Gostei muito de ver os bonitos exemplares que o Paulo nos trouxe para mostrar.








Thursday, April 14, 2011

Cyrtanthus mackenii


Bolbo oferecido pela Cris. O ano passado deu uma flor e este ano, certinho como um relógio, deu duas hastes florais cheias de 'trompetes' vermelhas...

Se clicarem AQUI podem ver a mesma flor, mas amarela. Gostei muito Cris. Fico à espera de um bolbo dessa também!! :-)

Phalaenopsis mannandra

Híbrido primário de Phalaenopsis mannii x Phalaenopsis Cassandra

Segunda floração.

Tuesday, April 12, 2011

Aquilegia 3

E sem saber de onde nem como, apareceu esta Aquilegia no meu jardim. Há dois anos comprei umas sementes no Ebay e espalhei-as num canteiro mas nunca nasceu nada. Suponho que esta seja uma dessas sementes. Mas nasceu num vaso diferente, num local diferente. Não interessa de onde nem como apareceu por aqui... É linda, não é???

Aquilegia flabellata pumila 'Alba'



E esta nova Aquilegia no meu jardim foi comprada em Março nos Jardins de Wisley. A planta cresceu bastante em poucos dias, depois de ter sido transplantada, e esta é a primeira flor. Mas já tem mais alguns botões a caminho.


Monday, April 11, 2011

Aquilegia caerulea blue star


Estas são as Aquilegias que tenho já há alguns anos, segundo me parece é a Aquilegia caerulea blue star. Cada ano estão maiores e dão mais flores. Dão muitas sementes e o ano passado eu prometi enviar sementes a alguns de vocês mas infelizmente os meus cães comeram-as. É a verdade. Estavam a secar numa tupperware e a gata atirou-a ao chão e as sementes foram comidas pelos cães. Foi um trabalho em conjunto. Mas como podem ver, este ano vou ter muitas sementes pois tenho o triplo das flores. E ainda tenho as vossas moradas!!


Entretanto tenho surpresas para quem goste de Aquilegias. Fiquem atentos aos próximos posts.


Suculenta em Flor


Meio abandonada durante o resto do ano, esta suculenta mostra toda a sua glória na Primavera ao cobrir-se de pequenas flores brancas. Fica muito bonita e assegura a sua presença no meu jardim.

Saturday, April 09, 2011

Bletilla striata


E com a chegada da Primavera, as Bletillas estão em pleno, enchendo o jardim de cor-de-rosa. Estas orquídeas terrestres são muito fáceis de cultivar e dão-se bem em qualquer canteiro, vaso ou até no chão. Estas já as tenho há alguns anos e todos os anos tenho mais flores que no ano anterior. (Na primeira foto podem ver as albas atrás)



Friday, April 08, 2011

Aeonium arboreum var. atropurpureum

O ano passado deram-me duas estacas destes Aeonium arboreum púrpura. Como foi no final do ano, e para não apodrecerem com o excesso chuva, coloquei-os num local abrigado e aí se mantiveram todo o Inverno. Para surpresa minha, ficaram verdes. Como ando sempre com os vasos de um lado para o outro já nem tinha a certeza que estes eram os Aeonium púrpura. Entretanto, nas arrumações da Primavera, lá mudei o vaso novamente de local. Não foram necessários muitos dias ao sol para que começassem a ficar com a cor mais escura. Na foto nota-se que das duas hastes, a que está mais à luz começou a escurecer mais cedo. Hoje, já passados mais alguns dias, já as duas rosetas estão escuras.

Gosto muito deste tipo de suculentas e ficam muito bem em vasos com várias plantas. A cor e a forma das rosetas contrastam lindamente com outro tipo de folhas. Estas plantas são da família Crassulaceae e são originários da costa atlântica marroquina.

Thursday, April 07, 2011

Orquídeas em Wisley

Orquídeas em exibição na estufa dos jardins de Wisley, no Reino Unido. Filmado em Março 2011.

A Verde e a Cores - Filmagens


Hoje foi dia de filmagens para a 2ª série de programas A VERDE E A CORES. Fiz dois segmentos para o programa, um sobre umas plantas que eu adoro e outro sobre uma família muito númerosa e 'tímida'. Mas desta vez não foi nada sobre orquídeas...

(foto da jornalista e do camera man no meu jardim)

Wednesday, April 06, 2011

Tulipa saxatilis


Esta Tulipa não é um híbrido, é uma espécie. É encontrada por exemplo na Grécia (ilhas de Creta, Karpathos, Rhodos) e Sul da Turquia.

Comprei os bolbos no Outono passado em Inglaterra mas foram plantados só este ano. Floriram todas e são muito bonitas. Gosto muito do circulo amarelo central que contrasta muito bem com o rosa claro e que se vê tanto no interior como no exterior da flor.

Cada bolbo pode dar mais do que uma flor. Estes têm cerca de 2 flores por bolbo.

Quando o sol bate na flor, esta abre toda e perde o aspecto de Tulipa. Quando o sol se vai a flor volta a fechar.

Monday, April 04, 2011

Hibrido de Phalaenopsis





E quando no meio de umas centenas de Phalaenopsis estava esta, exemplar único, a 'olhar' pra mim. Tem uma cor atractiva. Pétalas grossas e cerosas. É pelórica. Em resumo, muito bonita. Alguém reconhece este híbrido ou alguém tem uma igual que me possa ajudar a identifica-la??


Saturday, April 02, 2011

A minha Azálea favorita


Esta é a minha Azálea favorita. Adoro as cores e a forma e tamanho das flores. Já a teho há bastantes anos e normalmente floresce na Primavera e no Outono. Estou um bocadinho preocupado porque está a ficar um pouco depenada, com ramos com poucas folhas. Não sei se a deva reenvasar, adubar com mais frequência, podar ... alguém percebe de Azáleas??

Jacinto Azul


E faltava colocar aqui o azul, que se atrasou a abrir. Agora que os anteriores já estão a terminar, são dois Jacintos azuis que dão cor ao jardim.

Ao limpar o armário da jardinagem, encontrei uns bolbos de Jacintos amarelos que me tinha esquecido de plantar. Foram para os vasos já tardiamente. Vamos ver se, mesmo assim, dão flores.